Now Playing Tracks

Olhe pra dentro de nós, o amor nos deixou no deserto, você vem me condenar mas sabe que errou também. Olhe pra dentro de nós, no jardim já morreram as flores, nossas fotos perderam as cores, nossa cama está tão vazia, chega a dar calafrio no corpo. A tristeza invade o meu rosto,quando lembro teu cheiro teu gosto e a farra que a gente fazia. Onde foi nossa magia, nosso mundo encantado? Foi sofrendo lado a lado, que o amor perdeu a cor. Chegamos ao fim, tá doendo sim, eu chego a perder a voz, só resta chorar e se desculpar pelo que restou de nós.

Como um lobo solitário…

Ser um lobo solitário é…
Estar em um grupo e se ver sozinho como líder
Estar no meio da festa e olhar o céu estrelado pela janela
Estar vendo casais apaixonados e você ao longe olhando a cena
Estar vivendo momentos especiais
Estar presenciando as paisagens mais belas
Estar vivendo aquilo que nenhum outro poderia imaginar ver
Estar vendo ao longe seus amigos tendo suas famílias em paz
Estar presente em momentos mais raros
Estar tocando, sentindo na alma uma sensação nova
Estar correndo na direção do horizonte
Estar conquistando uma coisa preciosa, seja ela o que for
Estar vendo a coisa mais bela que já podia ter visto
Estar no topo do mundo vendo o céu mais azul
Estar deitado no chão olhando as estrelas
Estar vendo o filme mais legal e mais engraçado ou mais romântico
Estar escrevendo o melhor e mais lindo poema

mas…

É ter a certeza que cada momento, cada sensação nova, cada momento raro e único, cada poema de amor ou de esperança que escrever nunca será lido.. É ter a certeza que cada momento que presenciou será esquecido por todos e só você saberá da história.. É ter a certeza que tudo que pode ver irá embora e o único a saber e a lembrar será você.. É sentir na alma a liderança de ter compensado no futuro de muitos, mas sentir que todos irão partir e só você ficará.. É chorar por dentro, ter vontade de gritar, até tocarem seu ombro e dizerem que está tudo bem pois estarão do seu lado, mas, é só uma ilusão.. É corroer de raiva por tudo que lutou para conquistar e ninguém sequer viu sua alegria e dividiu ela com alguém.. É ter a certeza que a solidão viverá com você sempre, por que você é forte, por que você é diferente, por que você é especial, e no fundo você sabe que é único.

"A melhor coisa nela, é que quando se olha nos olhos dela, e ela olha pra você, tudo parece fora do normal. Porque você se sente mais forte, e mais fraco ao mesmo tempo. Você fica excitado, e ao mesmo tempo, apavorado. Na verdade, você não sabe como se sente, mas sabe o tipo de homem que quer ser. É como se você atingisse o inatingível, sem esperar por isso.”

I’ll never forget you. I might have erase your texts, but i’ll never forget what you wrote. I might have un-friended you, but I’ll never forget your pictures. I might have stopped talking to you, but I’ll never forget your voice. I might have ignored you, but I’ll never forget your face. I might have stopped hugging you, but I’ll never forget your smell. I might not be apart of your life anymore, but I’ll never forget you.

Minha ganância um dia foi insaciável. Então o destino lançou sobre mim uma terrível maldição. Qualquer que fosse minha atitude, era amaldiçoada a não dar certo. Então me isolei em meu refúgio, que não pode ser encontrado exceto por aqueles que sabem onde ela fica. Mas me encontraram. Lá estava eu. E comigo, minha maldição. E minhas escolhas erradas saíram com tudo! Gastei, esbanjei com bebida, comida e companhias agradáveis. Quanto mais gastava, mais eu percebia… que a bebida não satisfazia… que a comida se transformava em cinza em minha boca… e que nenhuma companhia agradável do mundo podia acalmar o meu desejo. Eu era um homem amaldiçoado, fui arrastado pela ganância, e então… fui consumido por ela. Há um modo de pôr fim à maldição: Reavendo todas as noites perdidas a toa, dispersadas e sendo o oposto do que eu era. Graças a alguém, estou no caminho certo. O luar revela-me tal qual sou. Não estou vivo, logo não posso morrer, mas não estou morto. Há muito tempo que estou ressequido de sede e incapaz de a saciar. Há muito tempo que morro de fome sem eu mesmo ter morrido. Não sinto nada. Não sinto o vento no rosto nem a brisa do mar. Nem sequer o calor de um corpo de mulher. As cores desbotam. Os sons desafinam. Por mais quanto tempo terei todas as peças que precisei, porém sem ser as que realmente preciso para completar o quebra-cabeças de minha vida e de meus sentimentos. Até quando me sentirei incompleto, mesmo tendo tudo que sempre quis?

A fortaleza da solidão, a bat-caverna, um planeta diferente.. 

É o lugar onde posso personificar um personagem e ironicamente ser eu mesmo, sozinho, solitário, isolado e só, é ai que sou eu mesmo, é onde posso abrir meus segredos sem ter ninguém para ouvir. Houve um tempo onde havia amigos e “amores”, mas antes das épocas de fama, algo me dizia que eu seria destinado a viver assim, mesmo antes de qualquer desilusão, dor e angústia, ficar sozinho me torturava de uma maneira confortável, me incomodava me acomodando. A solidão me abrigou, e depois de tudo, de amores, amigos e até família, vejo que a solidão nunca me deixou sozinho. Assim continuo e me fortaleço, pois esta é minha benção e minha maldição. Não foi tão difícil me acostumar, alguma coisa me dizia que minha história seria assim.

We make Tumblr themes